Autor: Branca Solio

A prática psicanalítica: da clínica ao conceito

Estão abertas as inscrições para a 5ª edição do curso A prática pasicanílitica: da clínica ao conceito, da Escola de Estudos Psicanalíticos, com turmas desenvolvidas na sede de Caxias do Sul. Interessados podem providenciar a inscrição. Veja informações complementares....

Ler mais

Colóquio – Do berço à escola

Esta atividade faz parte do Campo temático Psicanálise da criança sob a responsabilidade de Margareth Kuhn Martta, Maria Marta Vargas de Oliveira e Denise Nunes Mousquer Do que ri o pai? A partir desta interrogação, Conceição de Fátima Beltrão Fleig nos apresenta um caso acompanhado pelo Serviço de Atendimento Clínico – Núcleo Letra e encaminhado por uma escola pública. A Escola de Estudos Psicanalíticos define por “Campo temático” aquilo que entende ser indispensável para a formação psicanalítica no tocante ao ensino, a par do cuidado, de cada um, com as formações do inconsciente que lhes são pertinentes, em sua análise e análise de controle. Data: 21/10, sábado, das 9:30min às 11:00h Modalidades de participação: presencial ou semipresencial (Skype) Rua Miguel Tostes, 949, sala I, Rio Branco, Porto Alegre Investimento por encontro: R$ 60,00; Membros e Proponentes da EEP isentos Inscrições: eepsicanaliticos@gmail.com Fone (51) 3328 4727, celular/whats (51) 99221...

Ler mais

A função dos cartéis

Lacan, ao fundar uma Escola de Psicanálise, a École freudienne de Paris, pretendeu inventar uma organização institucional que estivesse de acordo com a prática psicanalítica de Freud, ou seja, de acordo com o inconsciente. Se a estrutura do sujeito do inconsciente está organizada em torno de um furo, visto que o objeto está perdido e o recalcamento originário é inapagável, qual seria o furo correspondente em sua Escola? Não seria a ausência de resposta preestabelecida sobre o que seja um analista e como alguém se torna analista? Ora, o cartel seguiria a mesma lógica: a falta de um saber pronto e abrangente e a ligação de cada um com a Escola a partir do desejo que lhe concerne em sua relação com a causa psicanalítica.  Em razão destas interrogações, sobre o que constitui o labor de cada um junto com os demais no tocante às formações do psicanalista, a Comissão de Publicações da Escola de Estudos Psicanalíticos propõe uma leitura inicial conjunta da Ata de fundação  da École freudienne de Paris, de 1964 e da transcrição das Jornadas de Cartéis, de 1975. Comissão de Publicações – Escola de Estudos Psicanalíticos Intervenções: Adriana Rossetto Dallanora; Ariela Siqueira Dal Piaz; Mario Fleig; Ricardo Casanova; Viviane Carla Dall’Agnol Data: sábado, 21/10/2017, das 11h às 12h. Local: Rua Miguel Tostes, 949, sala I – Bairro Rio Branco, P. Alegre Modalidades de participação: presencial ou semipresencial (Skype) Inscrições: eepsicanaliticos@terra.com.br,...

Ler mais

Profª Andréa Gabriela Ferrari, do PPG psicanálise: clínica e cultura (UFRGS) fala sobre implantação de Indicadores de Referências para o Desenvolvimento Infantil (IRDI), nas creches de Porto Alegre

A interlocução está marcada para o dia 2 de outubro, das 19h às 21h, numa iniciativa do Grupo de Estudos do Autismo, em Caxias do Sul. Investimento: para membros e proponentes R$30,00 e para convidados R$60,00. Inscrições: Secretaria da EEP com Filomena. eepsicanaliticos@gmail.com ou pelo fone (51) 3328 4727 Participação: presencial ou...

Ler mais