TOPOLOGIA ESPACIAL

CONVITE Maria Cristina Hein Fogaça e Martha Marlene Wankler Hoppe convidam os colegas da Escola de Estudos Psicanalíticos para assistir e discutir, juntos, um vídeo sobre topologia espacial, que trata das diversas concepções do espaço. Sabemos que Lacan era conhecedor das geometrias e utilizou desse conhecimento como pilar na formulação de sua topologia. Este vídeo será muito útil para o entendimento do seminário que estudaremos a seguir, qual seja, o seminário da Identificação (S09). Aguardaremos os interessados neste próximo sábado, dia 05 de agosto, na sede da Escola, às 9.30h.”.        ...

Ler mais

Serviço de atendimento: agenda de agosto

Campo temático: Serviço de atendimento clínico Martha Brizio, Conceição de Fátima Beltrão Fleig   Locais de atendimento: – Sedes da Escola em Porto Alegre e Caxias do Sul -Escolas públicas – Consultórios   Agenda do mês de agosto  Núcleo letra Contato com Conceição de Fátima Beltrão Fleig, Maria Nestrovsky Folberg – Reunião do trabalho de campo Dias 3 e 17, quintas-feiras, das 10h30min às 11h30min – Discussão de caso Dias 10 e 24, quintas-feiras das 10h30min às 11h30min   Núcleo Gradiva Contato com Rosane de Abreu e Silva Dias 04/08, 18/08 sexta-feira, 16h30min às 18h   Núcleo das psicoses Contato com Martha Brizio, Mario Fleig – Apresentação clínica de pacientes Dia a ser definido, sexta-feira, 14h Local: Clínica de Atendimento Psicológico da Ufrgs  – Aproximações clínicas nas psicoses Dia18/08, sexta-feira, às 18h30min Ministrantes: Martha Brizio; Mario Fleig Núcleo de Discussão clínica sobre o autismo Contato com Margareth Kuhn Martta Dia 28/08, segunda-feira, 19h às 20h   Para participação por skype é necessário agendar previamente na...

Ler mais

A Identificação segundo Lacan

Seminário Por uma clínica topológica: do esquema óptico aos grafos Ministrante: Mario Fleig A identificação é o tema do seminário de Lacan no ano 1961-1962, que vem na continuidade da temática freudiana: o entrecruzamento entre a escolha de objeto e a identificação. Freud, apesar de todos os seus avanços na elucidação desta temática, ao diferenciar três tipos de identificação e esclarecer como se forma neste processo o supereu, declara, em 1933,  estar nada satisfeito com suas elaborações sobre a identificação. Se o eu, o ego, se constitui pelas identificações, Lacan desloca a questão buscando o que funda a identificação do sujeito, do sujeito do inconsciente: o significante. Nas últimas aulas do seminário do ano anterior, A transferência, ele toca explicitamente no tema da identificação, com base no esquema ótico. Se a escolha de objeto visa a dimensão do ter, a identificação toca na problemática do ser do sujeito. Se antes a problemática da identificação remetia ao outro com quem o ego se identifica, para Lacan se trata antes da relação do sujeito com o significante: que eu sou? E isso implica a questão do nome próprio. Assim, o amor do objeto e o amor de si mesmo, aparente incompatibilidade entre estas duas formas de escolha de objeto, são intercambiáveis pela postulação freudiana de um estádio falo-narcísico, e enriquecidos pela noção de amor de objeto parcial de K. Abraham. Para...

Ler mais

Arquivo de posts

Agende-se

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930